Coladera na RMS

Loading Map....

Data
20/02/2016 _ 21:00 h

Lugar
Auditorio da Xunqueira

Prezo: 5 €

Categoría


COLADERAMes de entrudo na Rede de Músicas Soltas com a visita desde o Brasil de um trio singular: Coladera. MPB (Música Popular Brasileira) con tinturas africanistas de Cabo Verde e saudade de fado lisboeta. Dois cantores únicos Vitor Santana e João Pires sostidos por um dos mellores percusionistas de Brasil, Marcos Suzano.

A coladera é um ritmo popular caboverdiano nascido da morna, por sua vez originada de ritmos como o fado português e o lundum angolano. Também foi influenciada pelo samba, pela rumba e pela cumbia. É símbolo deste fluxo vivo que constitui o encontro de diferentes matrizes da música popular iberoamericana, a um só tempo tradicional e mestiça, negra e branca, raiz e invenção.

O projeto musical COLADERA celebra o  encontro musical de João Pires, Vitor Santana e Marcos Suzano e consequentemente a de três mundos musicais que homenageiam os ritmos lusófonos e  têm na língua de expressão portuguesa a matriz deste trabalho.

João Pires traz a canção portuguesa, a guitarra ibérica  e a vertente africana trazida dos anos em que viveu em Cabo Verde. Vitor
Santana acrescenta sua voz e seu violão popular brasileiro e o mestre da percussão Marcos Suzano completa o trio.

Os mundos do Brasil e de Portugal se fundem num diálogo baseado somente em violões, percussões e vozes, trazendo um ambiente sonoro rico em mesclas e mestiçagem. Ouve-se ecos de África, do candomblé, do fado e do flamenco, do samba, da rumba e do mambo, um português com sotaques diferentes, a eletrônica nascida do acústico de Suzano. Tudo isso da maneira mais crua e direta.

Para este concerto, o percusionista será o caboverdiano Minoca Paris para arroupar aos cantores João Pires e Vitor Santana


About Folque

aCentral Folque, Centro Galego de Música Popular. Galiza, Europe

Bookmark the permalink.

Comments are closed